segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

A primeira vez...


... a gente nunca esquece. Sempre existe uma primeira vez. Pra tudo. Pensando um pouco na vida, consegui lembrar-me de duas primeiras vezes. Lembrei da primeira palavra que escrevi depois do meu nome, eis que a palavra era: "borboleta"... fiquei me perguntando hoje, por que benedito eu escrevi "borboleta"? Podia ter sido leao, tigre, aguia... sei la. Mas borboleta?! Gracas a Deus que essa lastima nao veio a afetar nas minhas opcoes. E para comprovar isso, lembro-me, tambem, da primeira menina de quem gostei. Durou da segunda serie a quarta serie do ensino fundamental. Ela era mestica, tinha cabelos castanhos claros, olhos da cor de mel, magra e muito bonita na minha opiniao. Eu era bastante timido, e convenhamos que estava muito cedo para pedir a garota em namoro nao?! Fizemos nossa segunda, terceira e quarta serie juntos; a quarta serie fora meu ultimo ano naquele colegio; por sorte, ou nao, descobri nos ultimos dias de aula que ela tinha la uma quedinha por mim tambem. Por azar... mudanca de colegio significa perda de contatos.
O motivo de toda essa reflexao, na verdade, é que ontem tive a primeira vez na neve. E por incrivel que pareca, dessa vez nao foi algo decepcionante e sem emocao, mas sim momentos de lazer e adrenalina?! Eu nao esperava tanto da neve, achava, assim como uma amiga, que a neve era igual ao gelo que fica grudado em cima do congelador. E nao é! Ela é fofa, macia e gelada é claro! A sensacao é muito boa, da ate vontade de come-la. O dia fica branco e a rua quieta e deserta. Por alguns segundos, no meio da euforia e das emocoes, parei e fiquei imaginando como tudo aquilo fora tao perfeitamente feito; afirmei para mim mesmo em meia voz: é... tudo isso so podia ter sido feito por Ele.
O bom das primeiras vezes é que elas sao, quase sempre, inesperadas, trazendo-nos sensacoes diferentes e ficando guardadas, ali, entre as lembrancas da memoria e os sentimentos do coracao, inesqueciveis.

4 comentários:

Camila Costa disse...

ah que texto lindo!
Leve e profundo, como uma brisa...Adorei!

E vou confessar uma coisa, eu tenho vontade de comer neve!hahaha
Não sei se isto vai acontecer, mas agora que disseste que ainda é fofa, a vontade aumentou... : o
hahaha

Espero que a minha primeira vez na neve, seja tão linda quanto foi a tua :)

beijinhos amelísticos*

Camila Costa disse...

ah e só uma dúvida, o livro Maravilhosa Graça que indicas no perfil, é do Philip Yancey?
Se for, acho esse livro simplismente fantástico, ah e os outros também, brás cubas e cia...ótimas indicações!

Camila Costa disse...

p.s: vi os posts anteriores, e acho que a minha pergunta já foi respondida!aimeusdeus...que vergonha to enchendo teu post de comentários bobos! :X
Ainda bem que esqueci de perguntar onde era a neve :P
só depois fui "descer" pros outros post da pág...essa minha patetice ainda me mata!haha :P
ah, mas dei uma segunda olhada nas indicações e vi vários livros que eu tb adooooro! lol

bye bye, e serei mais atenta da próxima vez :)... pq pergunta boba nmg merece,né? :P

LIssa disse...

HEYYYYYYYY!!!!! Eu sei pq foi borboletaaaaaa!!!!!!!! UHAuHuhAUAHhuahUAHA HHHMMMM... a incrivel sindrome de clodovil jah te afetava nessa idade?????? O.o UAHuAHUAHUA aiaiaia soh rachei... ^^ vc tb escrevia purpurina????? uHAUHuHAuHAuHAUhua ^^ MAster loko sua primeira vez.. ^^ ihhi pirei no seu texto.. ^^ e na cara de bumbum.. ^^ UAHuAHuahUAs e cuida rapha.. ^^ bjaum