domingo, 13 de junho de 2010

Romance à maneira de Deus

No dia dos namorados (que foi ontem, já que agora são 01:39h do dia 13/06), nada mais sugestivo do que escrever sobre "relacionamentos".
O dia dos namorados não tem um significado real tal como a páscoa e o natal, mas, certamente, movimenta uma boa grana por conta da troca de presentes entre os apaixonados. Inspirado no valentine's day estadunidense , o dia dos namorados, também, é o terror dos solteiros que estão à procura da outra parte ou cara metade.
Confesso que nunca fui muito bom nessa coisa de "relacionamentos". Sempre procurei cumprir a vontade de Deus, mas, por diversas vezes, me enganei. Não sei se as vezes de engano foram causadas por falta de maturidade ou pressa, mas fato é que os assuntos do coração são mais complicados do que deveriam ser.
Recomendo livros como "Sua perfeita fidelidade", "Romance à maneira de Deus" e "Eu disse adeus ao namoro". À primeira vista esses livros podem parecer ficção - coisa de gente apaixonada que perde o tempo acreditando que Deus separou alguém para completá-la - mas trazem preciosos ensinamentos sobre o desejo de Deus de sonhar e concretizar os sonhos de seus filhos e de como, em obediência, nós podemos cumprir o propósito de Deus em nossas vidas.
Já pensei em Deus como um velhinho barbudo - diferente do papai noel - sentado num trono. Um Deus que não sabe muito das últimas tendências, das modinhas e o que dirá da minha futura companheira. Em visão míope, já vi Deus como um Ser estático e antiquado, ocupado e velho para entender o que se passa nos meus sentimentos. "Essa área quem toma conta sou eu e ponto" posso afirmar convictamente, antes de alguns tropeços e decepções. Mas logo percebo que existem situações e coisas que não estão ao meu controle e que se Deus diz que Ele sabe todas as coisas, isso quer dizer que: ELE SABE TODAS AS COISAS, inclusive de que eu preciso de alguém que me complete.
Em um mundo em que a fidelidade e a confiança são valores raros, Deus quer nos dar romances baseados e construídos na rocha do amor. Sem essa coisa de "testar" pra ver se é esse ou aquele, Ele quer nos apresentar claramente e especificamente. Ele quer nos dar paz quando caminhamos na direção certa e presentear-nos com surpresas ao longo do caminho. Ele quer nos dar experiências de fé. Ele quer provar o quanto se importa conosco, desde que permitido. Deus quer escrever e tecer lindos romances feitos à sua maneira, Ele quer que sejamos protagonistas de Suas histórias.
E eu? Eu luto diariamente para entregar o meu coração ao Deus escritor. Luto para ouvir a voz que me diz o que fazer e a que caminho seguir. Luto contra a minha vontade de tomar o controle e dirigir minha vida em direção ao penhasco. Luto para cumprir o propósito de Deus. Busco amar, honrar e interceder por essa pessoa que Deus tem preparado para mim.
E você? Gostaria de um pouco mais de romance?
Entregue-se.

15 comentários:

Manoela disse...

*-* concordo com você. Sei que Deus tem separado o meu varão de guerra :D

ahk disse...

concordo
"o dia dos namorados, também, é o terror dos solteiros que estão à procura da outra parte ou cara metade."

iaoeihaeoihaoeihaoeihaeoia

no entanto, discordo dos livros x/~
já os li. Msm dizendo coisas convincentes e coerentes, existe não uma certa ficção, mas uma criação de um conto de fadas quase q inalcançavel e mto almejavel por parte de nós hahahaha =)
para mtos, uma lei... hahaha

mas ok!.
postanimal, como sempre x)~

ahk disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Engraçado, comigo foi o contrário... não sei se por ser mulher e já viver numa cultura de sonhar com o príncipe encantado, sempre achei que existia uma única pessoa separada por Deus pra mim. Sempre sonhei em como seria encontrá-lo.
Porém, os desencontros e desilusões da vida, fizeram-me mudar de opinião e deixar de lado este sonho.
Mas Deus, gracioso em sua essência têm me mostrado o quanto este sonho é digno de ser sonhado e que quando nos entregamos a Ele em confiança, o que parecia impossível, para Deus é algo que Ele próprio anseia realizar em nossos corações. Para que isso aconteça é preciso renovar a nossa mente para que possamos experimentar a boa, perfeita e agradável vontade de Deus! Lindo texto! Deus te abençoe!

Evelin Queiroz disse...

Disso tudo! E sobre o final "busco amar, honrar e interceder por essa pessoa que Deus tem preparado para mim" é o que como filhos de Deus deveríamos ter aprendido a muito tempo!

Deus honre nossos corações cansados e ansiosos!

Abraço.

Kilvia S disse...

Passei por aqui e passei bem.
Paz!

anne ♥ disse...

Muitas vezes ouvi "Deus tem alguém reservado para você", e há quem diga que na verdade não é um(a), mas sim um leque de pessoas do sexo oposto que Deus nos dispõe dentro do nosso meio de convívio.
Oq é certo e oq é distorção humana, isso é cada um com Deus. :)

Porém oq tenho aprendido é q vontade de Deus não é pra se discutir, debater, não que Deus não nos escute, Ele escuta, mas no final.. a vontade dEle continua a mesma. Como pai e filho, o pai sabe oq é certo, o filho teimoso faz o show de manha, mas no final, um bom pai conserva aquilo que ele sbe oq é o correto, e o melhor para amadurecimento de seu filho.

Encontrar aquele(a) separado(a) por Deus para você, pode parecer impossível. Em fim.. se meu Deus não fosse o Do Impossível.. ele não seria esse Deus. Pois uma das facetas de Deus é essa: Deus do Impossível.

Encorajo cada um a buscar em oração, e não em atitudes precipitadas que venham de nós mesmos. o Deus vivo é morto se na tua vida Ele não é real.!

Raphaaaa.! qdo eu crescer, kero escrever q nem vc \o

Akamine disse...

creio, de verdade, que Deus deseja escrever e tecer lindas histórias para seus filhos. mas, se refletirmos, quantos de nós estamos dispostos a buscar e obedecer fielmente a direção do Senhor? quantos de nós espera, pacientemente, até que Senhor fale: "esta é a pessoa que preparei para você, filho."
talvez, em nossa ânsia de preenchimento e companhia, perdemos o melhor de Deus. ficamos apenas com o bom, enquanto o maior desejo do Pai é dar-nos o melhor.
não que seja por merecimento, já que tudo é pela graça, mas acredito que além dela, é preciso obedecer.

Emanuel disse...

Olá,

Eu discordo dessa ideia utópica de alguém separado. Não há caso algum na Bíblia, única fonte para nossa fé. Deus nunca falou para ninguém com quem deviam casar. Me preocupa a criação de coisas extra-bíblia para suprir necessidades. É bonitinho essa história, eu mesmo já acreditei nela um tempo. Mas hoje entendo que a pessoa especial é nós que fazemos. Acredito na busca por essa pessoa, que seja excelente.

Discordo também que alguém precise de uma namorada/esposa para se completar. Nós somos completos, não existe ninguém pela metade. Precisamos, sim, de companheiras(os), que nos ajudem em todas as coisas. Acho muito egoísmo querer alguém para te completar. Eu quero alguém para fazer feliz, que eu possa ajudar nos sonhos, e possa estar ao meu lado no serviço para Deus. Não quero uma esposa pela metade, mas uma completa. Ao contrário, nós, como Igreja, nos completamos, cada um com seus dons. Um casal é um também, mas não a soma de meio mais meio. A soma de Deus é diferente. 1+1=1.

Deus abencoe :)

Rê Cabral disse...

Sinceramente, não tenho uma opinião formada sobre se Deus tem A pessoa ou se são várias. Pra mim, na verdade, isso chega a ser irrelevante. O q importa, e q eu acho q vc coloca isso bem fortemente no seu texto, é a questão da obediência. De saber q existe um tempo determinado para todas as coisas embaixo do céu, inclusive, para se relacionar.
Eu tendo a concordar em grande parte com o Emanuel. A teoria das metades é baseada, se não me engano, em uma história grega q dizia q os seres humanos eram dois em um até enfurecer um dos deuses e este separar as metades. De acordo com essa lenda, as metades se procuram até hj. Enfim. Creio q um pouco da frustração q ronda o meio evangélico é essa: a de acharmos q nunca seremos inteiros até encontrar A pessoa. Deus nos completa. E nos faz inteiros. Qnto mais inteiros estivermos, mais prontos estaremos para aproveitar ao máximo a companhia do outro. Faz parte da nossa natureza (vide o caso de Adão) a necessidade por um companheiro. Mas não podemos fazer dessa espera, ou dessa busca, o ponto central de nossas vidas. Busquemos ao Senhor e Sua vontade. E as demais coisas serão acrescentadas!

Mateus Santana disse...

dia 12 passei o meu primeiro dia dos namorados! Foi extremamente bom e produtivo. Tive um tempo com minha namorada para conversar, trocamos presentes e passamos um bom tempo juntos jogando conversa fora!

MAS COMO VOCÊ DISSE, O MELHOR ROMANCE É COM AQUELE QUE MORREU POR MIM! NAMORAR É BOM... PASSAR MEUS DIAS AO LADO DE DEUS, EH PERFEITO!

ótimo blog... abração fera!

Akamine disse...

acredito sim que Deus tem preparado alguém para mim. sei que sou completo sendo um, mas assim como em gênesis quando Deus diz que não era bom o homem estar só, acredito também que é benção de Deus uma companheira. e aí, a soma de Deus talvez seja esta mesmo 1+1=1, quando ele diz que homem e mulher tornam-se uma só carne.
com isso, também, não tenho expectativas de que o fato de eu encontrar alguém ou não suprirá todos os meus anseios de ser completo, mas sei que isso pode ser parte de um plano de Deus para mim, durante esse intervalo chamado vida.
talvez seja romantismo pensar que Deus ainda pode escrever histórias bem elaboradas e cheias de surpresas, mas, em minha visão, creio nesse Deus que diz: "nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano aquilo que Deus tem preparado para aqueles que o amam." e o que limita o Todo Poderoso de escrever romances bem-escritos? a coisa é não buscar essa "benção" mas obedecer, sabendo que Deus poderá fazê-lo protagonista de uma super história ou de uma simples história de amor que não será diminuída, mas que será tão valiosa quanto a primeira.

Emanuel disse...

Sim, também gostaria de viver uma bela história de amor, e espero que aconteça. Mas acho que isso não deve ser generalizado como é feito hoje. Jesus, por exemplo, não precisou de esposa para ser completo, nem viveu essa história de amor. Acho que depende da pessoa, se ela quer isso, Deus até pode fazer. Mas, dispenso a ideia de uma única pessoa entre 3,5 bilhoes (3 bilhoes (tirando homens e crianças do total =P). Temos cérebro pra saber escolher e o espírito para guiar.

Anônimo disse...

Pois eu, não quero escolher, rendo-me à escolha de Deus que é perfeita. Para quê arriscar, se eu posso pedir a Deus e crer que Ele me guiará à melhor escolha? o namoro não deveria ser um jogo de riscos pois causa muito sofrimento quando há enganos, as pessoas se machucam.
A pessoa de Deus pra mim não é a que tem mais qualidades, mas àquela a quem Deus enxerga o coração e sabe que combinará muito bem com o meu. "Pois Deus não é como os homens que olham aparência, mas Ele vê o coração." Prefiro a escolha de Deus COM CERTEZA. Prefiro o DEFINITIVO às experiências. Eu prefiro o ETERNO. :)

Akamine disse...

penso que, com certeza, não é necessário o casamento ou qualquer outra coisa para sermos completos. basta termos e buscarmos aquilo que Deus vier a nos propor, isso é o melhor. brennan manning diz que "a graça sempre precede o chamado" se Deus um dia me disser que não devo me casar, Ele vai me falar de tal forma graciosa que, realmente, não me importarei em ser como Paulo; assim como se Deus me disser que é tal pessoa, assim o farei. pq a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável. Ele não só sabe o que é bom para mim, mas sabe o que será o melhor. e no fim, eis uma questão de fé e obediência, e não uma questão de razão daquilo que eu acho que deveria ser.