sábado, 14 de março de 2009

SLUMDOG MILLIONAIRE


Antes que a empolgação se vá, posto aqui minhas impressões sobre o filme "Slumdog Millionaire" ou "Quem quer ser milionário?" - título "abrasileirado".
SLUMDOG MILLIONAIRE é daqueles filmes que conseguem deixar o telespectador atento às mínimas nuances de roteiro por pouco mais de duas horas. Vencedor de oito estatuetas do Oscar, dentre elas o de melhor filme, o longa tem um ritmo alucinante com detalhes sobressalentes que deixam as questões sociais e econômicas explícitas dentro da história de vida do "Slumdog" - favelado - Jamal.
A história é simples. Um jovem com uma infância sofrida que busca encontrar o "amor" perdido - Latika - e que tem dificuldades de relacionamento com seu irmão Salim. Entretanto, de forma simples o filme trás à tona cenas e sensações deliciosas que podem ser captadas por meio de diálogos e de sentimentos implícitos, tais como: o amor e a identificação. Sendo que o primeiro se dá pelo romance existente entre Jamal e Latika podendo ser resumido em "destino". E o segundo que se dá pelo entusiasmo e mobilização das massas ao ver um dos seus com a possibilidade de se tornar milionário.
- Fuja comigo.
- De que viveremos?
- De amor.

Com esse e uns tantos outros diálogos simplórios o filme é assim, belo. God is great.
D: It's written.

4 comentários:

Issá!* disse...

eeeeba, um dia eu assisto então! \o/
haHAha ~
parece bom mesmo!

;*

ahk disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ahk disse...

Assisti esse filme ontem e, após seu término, fiquei pensando no porquê de um filme desses ter sido premiado com o oscar de melhor filme...E é um tanto estranho já que você olha pra trás e vê filmes como "Crah" e "No Country for an old man".
Gostei do filme, mas não o considerei bom a ponto de ter ganho o oscar. Hehehe.

Para aqueles que já assistiram...

Você percebeu? O filme encerra com uma simples frase: "Estava escrito", sendo resposta para a pergunta feita no início do longa. Mas você percebeu que isso não é só resposta para o jogo "Quem quer ser um milionario", mas sim para todo o roteiro do filme? Jamal e Salim tiveram as mesmas oportunidades. Os dois tiveram sua mãe assassinada, os dois tiveram que servir ao mesmo "chefe", os dois "experimentaram" da mesma mulher, os dois terminam com muito dinheiro...Mas porque um se tornou simbolo da maioria dos erros humanos e o outro passou a representar o amor divino? Muitas respostas poderiam ser elaboradas, mas talvez a mais simples e complexa seria: "Porque estava escrito..."

Wilsinho disse...

há vasos de honra e outros de desonra...