quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Amor

Amor é isto: a dialética entre a alegria do encontro e a dor da separação. E neste espaço o amor só sobrevive graças a algo que se chama fidelidade: a espera do regresso. Quem não pode suportar a dor da separação não está preparado para o amor. Porque o amor é algo que não se possui, jamais. É evento de graça. Aparece quando quer, e só nos resta ficar à espera. E, quando ele volta, a alegria volta com ele. E sentimos então que valeu a pena suportar a dor da ausência, pela alegria do reencontro.

- Rubem Alves

10 comentários:

Thays disse...

totalmente verdadeiro...o amor é algo tão imenso e subjetivo quase impossível de se explicar, mais quando sentido inabalável .

Jacqueline Boriam disse...

owww :)

Nine disse...

Acho que esse cara sabia do que tava falando. Quem ama sabe.

@monicastaut disse...

No que já vi...O amor é sim tudo isso e além disso mas principalmente uma ESCOLHA. Escolha de se doar pelo outro e mesmo sem recompensa alguma transbordar-se de amor.

"O amor é inexplicável, mas tem umas coisas que você pode entender!" (comercial Serenata de Amor: http://bit.ly/7RRJi5)

Dan disse...

Acho que esse cara sabia do que tava falando.
Quem ama sabe. [2]

Anônimo disse...

O amor é difícil de explicar... não compreendo muito bem. Etéreo, assim como o vento... sopra onde quer, e nos leva... nos arrebata.
Nos surpreende, quando menos esperamos por ele, aparece! E, tudo que antes, pensávamos ser amor... fica tão pequeno... distante, medíocre.
O amor é verdade e, por isso, não produz sombras, nele não há dúvidas, é pura luz. Dizem que no amor não há medo... mas quem o encontra, sabe, num instante... encontrou uma jóia. Incomparável... impossível reencontro de outro amor, assim... sublime. E o medo, sarcástico, fica por perto, rondando, agorento, fétido, assustando o ser amado com medo de perder o seu amor...

Akamine disse...

"No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado NO AMOR"- 1 João 4:18.

se houver medo, talvez não seja amor.

Anônimo disse...

Sim. (No) Amor não existe medo. Deus é Amor, é perfeito... o medo existe em nós, seres imperfeitos e que precisamos ser aperfeiçoados no amor... é um processo... quanto a ser amor, o tempo dirá... pois o amor é verdade, é luz... não produz sombra alguma... tudo passará, mas o verdadeiro amor jamais acaba.

Who Knows disse...

Doakamine esta amando. hauhauah..
abras brow

Anônimo disse...

O amor não acaba... ele persiste em meio as lutas, dificuldades e tristezas. O amor sempre crê e tem esperança de que um dia vai encontrar o seu amado... e quando este dia chegar, será assim... o dia perfeito!:)