sexta-feira, 1 de maio de 2009

Li em abril de 2009


Abril já se foi. E nada melhor do que um feriado para começar o mês. Impressão minha ou o tempo está um tanto quanto acelerado? Já imaginou que estamos, praticamente, no meio do ano de 2009? Essa nossa relação com o tempo... eu que o diga; abril foi mês de completar mais um ano de vida e louvar a Deus pelos dois patinhos alcançados. Aproveito a brecha para agradecer aos meus queridos amigos, que de diversas formas têm honrado a minha vida. Agradeço pelos livros ganhos; certamente, não poderiam dar presentes melhores. Digo, eu até trocaria um livro por uma Ferrari - haha.
Ouvi dizer que Deus destribuiu o seu amor eterno entre as pessoas, logo, permito-me pensar que entendo um pouco mais do amor por meio da vida de cada amigo meu. Enfim, sou grato pela vida de cada um. Obrigado.
Eis então a lista de abril. Os feriados ajudaram-me a adiantar algumas leituras. Muito bom!

Quando Nietzsche chorou - Irvin D. Yalom
Poesias - Mario Quintana
A cabeça de Steve Jobs - Leander Kahney
Por que ler os clássicos - Italo Calvino
O rio invisível - Pablo Neruda
Como os pinguins me ajudaram a entender Deus - Donald Miller


"Quando Nietzsche chorou", apesar de não aprofundar muito a respeito da psicologia, traz uma história muito jóia, dando ao leitor uma visão geral do início da psiquiatria/psicologia.

"Poesias", gostosuras e travessuras do Quintana.

"A cabeça de Steve Jobs", nunca pensei que o Steve Jobs fosse tão Hittler.

"Por que ler os clássicos", panorama geral de uns clássicos da literatura. Vale a pena, a título de esclarecimentos. Segundo livro do Calvino que leio. Acho que viciei.

"O rio invisível", diz-se no prefácio que foi escrito na juventude do Neruda. Porém, ao longo da leitura, duvidei. Entretanto, descobri o "por quê" do título gênio conferido a ele.

"Como os pinguins me ajudaram a entender Deus" é o destaque do mês. Com analogias esquisitas, o livro me ajuda a enxergar Deus por um outro ângulo. Ajuda-me a entender o amor e a graça que o Senhor dia-a-dia me concede.

Abril valeu a pena. Bons livros, bons feriados, bons passeios e boas companhias. Tomara que Maio seja melhor. E será.

2 comentários:

Issá!* disse...

Olha, conheço esse primeiro livro ae! ahuHAHa :D
é vero, o dos pinguins é destaque do mês. As comparações mais inusitadas e bonitas! haHAh

e sim, vamos pra Maio! \o/
beijos ;*

ahk disse...

óhhhh...eu li 2 xD~~ aiheohaoiehaoiehae..um dia leio igual tu iaoehaioehao...abraço xD~~